10 de fevereiro de 2020

MotorStorm Apocalypse


Com três jogos nas costas, MotorStorm já tinha enfrentado um deserto, uma ilha tropical e as montanhas geladas do Alasca.

Para um novo festival era necessário um novo ambiente e talvez fosse difícil pensar numa opção nova e bem diferente das anteriores, mas acho que ninguém imaginou o que realmente viria a seguir: a Evolution decidiu chutar o balde e colocou sua série de off-road numa cidade!

Uma decisão arriscada, devo dizer. Mas vejamos como eles se saíram!

MotorStorm Apocalypse

Desenvolvedora: Evolution Studios

Lançamento: 2011

Plataformas: PlayStation3

21 de janeiro de 2020

MotorStorm: Arctic Edge


Depois de um festival no deserto e outro numa ilha tropical, um motorstormer parou e pensou "estou cheio de correr nesse calor, queria ir para um lugar menos quente!" e seu desejo foi atendido, pois a terceira edição do campeonato MotorStorm escolheu um dos locais menos quentes do planeta, o Alasca!

Talvez eles exageraram um pouco, mas não vem ao caso!

Arctic Edge provavelmente é o menos conhecido da série, afinal foi lançado para PSP e PS2 enquanto os fãs da série estavam no PS3, mas isso não significa que é ruim, certo? Pois é o que veremos!

MotorStorm: Arctic Edge

Desenvolvedora: Bigbig Studios

Lançamento: 2009

Plataformas: PSP e PlayStation 2

14 de janeiro de 2020

Do pior para o melhor - série Burnout

Sair loucamente pelo tráfego é sempre divertido, mas é claro que nem sempre na mesma proporção. Burnout é uma das minhas séries favoritas de corrida e tem títulos excelentes, mas é claro que mesmo ela teve seus altos e baixos durante os anos.

A série surgiu em 2001, criada pela Criterion e publicada pela Acclaim, depois de dois jogos passou a ser publicada pela EA Games e eventualmente foi deixada de lado porque a EA perdeu o juízo.

Sério, deixar Burnout morrer foi uma decisão estúpida demais. Inicialmente até fez um certo sentido colocar a Criterion para fazer Need For Speed, mas depois de um tempo reduziram o trabalho deles para ajudar no desenvolvimento de outros jogos, como Star Wars Battlefront e Battlefield V, o que é uma baita mancada!

Mas estamos divagando. Eu já fiz as análises de (quase) todos os Burnouts existentes, então venham comigo e confiram quais deles devem ser aclamados e quais devem ser jogados na fogueira!


6 de janeiro de 2020

Burnout Paradise


Quando comprei meu PS3, lá em 2009, o primeiro jogo que peguei foi Call of Juarez: Bound in Blood. Um jogo bem legal, devo dizer, mas com uma história linear e poucos objetivos secundários foi inevitável que em uma semana eu já não tivesse mais o que fazer com ele.

O que eu precisava era de um jogo grande, com muita coisa para se fazer, como um jogo de mundo aberto! E convenientemente minha série de corrida favorita do PS2 tinha justamente se tornado mundo aberto no PS3, então Burnout Paradise era a escolha perfeita!

Na época eu adorei o jogo, joguei insanamente e fiz todo tipo de coisa que existia para se fazer dentro dele, então vejamos se ele continua tão empolgante mais de uma década depois!

Burnout Paradise

Desenvolvedora: Criterion Games

Lançamento: 2008

Plataformas: PlayStation 3, Xbox 360 e PC

20 de dezembro de 2019

Jogos favoritos: Sheep Dog n' Wolf


Se você me pedisse uma recomendação de um jogo infantil bacana para o PS1, eu provavelmente indicaria um Crash Bandicoot ou um Spyro, mas aí você provavelmente diria "ora bolas Cacique, todo mundo já conhece esses" e eu recomendaria então Sheep Dog n' Wolf, sem pensar duas vezes. É um dos jogos que marcou minha infância, o considero um dos jogos infantis mais interessantes do console e também um dos mais subestimados.

De certa forma é compreensível, já que os Looney Tunes nunca conquistaram muita credibilidade no mundo dos games, mas esse é um jogo que deu muito certo. Ele foi lançado em 2001 pela Infogrames, que já estava trabalhando com os Looney Tunes nos anos anteriores, com jogos como Bugs Bunny Lost in Time, Bugs Bunny & Taz: Time Busters, Looney Tunes Racing e Space Race.

Esses jogos também são bem divertidos, mas considero Sheep Dog n' Wolf o ápice que eles alcançaram e um excelente exemplo de jogo licenciado. Ele transmite tão bem a sensação dos desenhos animados que como um fã dos Looney Tunes era impossível não gostar dele.

Eu até já fiz aqui a minha análise e elogiei bastante o jogo lá, mas não foi o suficiente pra mim e decidi fazer mais uma postagem, simplesmente falando o quanto ele é legal e porque gosto tanto dele! Nada de analisar tecnicamente, só vou puxar o saco de um jogo que gosto e é isso aí, se você também tem boas lembranças desse jogo espero que goste!


2 de dezembro de 2019

MotorStorm Pacific Rift


Talvez já tenham notado pela minha lista de análises que arcade é de longe meu tipo favorito de corrida.

Claro que eu gosto de simuladores como Gran Turismo, mas a liberdade que o arcade dá aos estúdios e os resultados que temos por causa disso são motivos mais que suficientes para que eles me conquistem.

No PS1 e PS2 eu já gostava de alguns jogos off-road, mas a verdade é que a maioria deles eram sérios demais e MotorStorm foi o primeiro a realmente me convencer que um off-road poderia ser tão insano e cheio de vida quanto um Burnout ou um Need for Speed. Então pouco depois de comprar o primeiro jogo (pouco mesmo, pois o primeiro jogo não oferece muito a se fazer depois de zerar) eu precisei comprar sua sequência, Pacific Rift! Vejamos se ele continua divertido depois de mais de uma década!

MotorStorm Pacific Rift

Desenvolvedora: Evolution Studios

Lançamento: 2008

Plataformas: PlayStation 3

26 de novembro de 2019

Sly Cooper and the Thievius Raccoonus


Das três grandes séries de plataforma do PS2, Sly Cooper geralmente é a que fica de lado esquecida (mas pelo menos ela ganhou um quarto jogo, não é Jak and Daxter?), mas particularmente sempre foi minha favorita.

O primeiro da série que joguei foi o segundo, onde eu gastei muitas e muitas horas, e eventualmente joguei o resto da trilogia quando arrumei a Collection do PS3.

Sinceramente, eu não sei como eu conseguia jogar tanto uma sequência e nunca me importar com os outros jogos da série! Diabos, hoje em dia eu tenho dificuldade até em começar no meio de uma série de jogos de corrida!

Talvez essa seja uma situação ainda pior, mas não vem ao caso. Falemos de Sly Cooper and the Thievius Raccoonus, o primeiro jogo do nosso querido guaxinim ladrão!

Sly Cooper and the Thievius Raccoonus

Desenvolvedora: Sucker Punch

Lançamento: 2002

Plataformas: PlayStation 2

18 de novembro de 2019

Burnout Dominator


Depois de quatro Burnouts no PS2, a Criterion decidiu que seu trabalho ali estava feito e que era hora de partir para a próxima geração. A senhora Electronic Arts, por outro lado, achou que ainda dava para tirar uns trocados dos donos do console da Sony, então a ideia de Burnout Dominator nasceu.

Um novo estúdio ficou no comando do projeto e, para não arriscar em coisas novas na fórmula, o jeito foi juntar vários elementos dos jogos passados e entregar a mistura ao jogador.

Será que deu certo? Pois sigam-me os bons para a análise!

Burnout Dominator

Desenvolvedora: EA UK

Lançamento: 2007

Plataformas: PlayStation 2 e PSP

16 de novembro de 2019

Top 8 - Pistas do MotorStorm


Poucos jogos de corrida dão tanta importância às suas pistas quanto MotorStorm. Claro, temos inúmeros exemplos de pistas muito bem projetadas por aí, mas MotorStorm trata seus circuitos como personagens principais, praticamente dando personalidades para cada uma delas.

Conforme jogamos é normal criar uma certa escala das pistas mais legais até aquelas que não ligamos tanto, então hoje decidi fazer um post para mostrar a minha lista.

Falarei só das pistas do primeiro jogo por enquanto, pois é o que acabei de jogar e assim consigo falar de todas, depois quando jogar outros títulos da série volto com rankings específicos deles.

Também nem vou contar as que vieram através de DLC, afinal parte delas foi feita só para o multiplayer online e hoje em dia só seria possível aproveitá-las no Time Trial, o que é uma mancada enorme!

Ora bolas, esse é um dos motivos pelo qual precisamos de uma MotorStorm Collection!

Mas isso é assunto para outro dia. Vamos ao ranking!


11 de novembro de 2019

MotorStorm


Eu gosto de dirigir agressivamente nos games desde que me lembro. Adorava Road Rash, Driver, GTA, Crash Team Racing, Twisted Metal, Burnout e vários outros. Muitas e muitas horas da minha juventude foram gastas simplesmente colecionando takedowns em Burnout 3.

Mas devo dizer que mesmo toda essa experiência em dirigir loucamente e partir para cima dos inimigos não me preparou totalmente para MotorStorm. Ele foi meu segundo jogo de corrida no PS3 (logo depois de Burnout Paradise) e raios, certas corridas aqui parecem com uma manada de animais selvagens atravessando a floresta como se não houvesse amanhã, sendo que no meio dela você pode ser um elefante, um rinoceronte ou uma gazela indefesa!

E pense numa manada caoticamente divertida! Por isso MotorStorm é uma das minhas séries favoritas de corrida, então vamos para a análise!

MotorStorm

Desenvolvedora: Evolution Studios

Lançamento: 2006

Plataformas: PlayStation 3